Meditação na cozinha (e uma cheesecake vegana)

Bem que eu gostaria de praticar a meditação mais vezes, mas disciplina não é muito meu forte. No ano passado, quando me prometi meditar com dia e horário marcados, vi minha capacidade de concentração aumentar depois de uns dois meses de prática.

Mas é aquela coisa… Com férias, viagem ao Brasil, isso e aquilo, a meditação foi ficando em segundo plano e hoje a pratico só uma vez por semana, durante as aulas de yoga.

Apesar de muita gente achar que meditação combina apenas com pessoas mais ligadas à espiritualidade, a prática vai além da proposta de autoconhecimento.

Um bom exemplo vem da Universidade de Harvard, nos Estados Unidos, onde os próprios alunos criaram um grupo de meditadores, com direito a nome e tudo: o HCMC (abreviação em inglês para Clube de Meditação da Escola de Harvard).

Conversei com o presidente do clube, o filósofo Jackson Kernion, e ele me disse que o objetivo do grupo é criar condições para os alunos viverem de modo mais atento, reflexivo e habilidoso, capazes de tomar decisões inteligentes e bem pensadas.

“Para mim meditação se trata menos de relaxamento e mais de concentração. Nós do HCMC não meditamos porque queremos atingir um estado mais elevado de relaxamento, mas sim porque queremos fortalecer nossos músculos cerebrais, nossa autoconsciência e capacidade de reflexão”, me escreveu Jackson por e-mail.

Lá em Harvard, eles praticam a meditação clássica: sentado, com os olhos fechados, você deve prestar atenção apenas na sua respiração, e não ficar pensando nas coisas que tem para fazer ou nos problemas da vida.

Particularmente, considero difícil a meditação clássica sentada-ereta-sem-pensar-em-nada, porque meus pensamentos sempre me levam para algum lugar. Sei que é uma questão de treino, mas se existem outras maneiras de meditar tão eficientes quanto essa, por que não?

Só para você ter uma ideia, em seu livro Novo Manual de Meditações (Ed. Tharpa Brasil), o monge Geshe Kelsang Gyatso ensina 21 tipos diferentes de meditação. As técnicas podem ser silenciosas, mas também com sons, movimentos, cores e visualizações.

Uma técnica que adoro é a meditação guiada, em que uma voz gravada ou ao vivo diz exatamente o que você tem que visualizar. Como, por exemplo, uma descida em um poço escuro, que termina em uma praia dourada onde uma gigante flor de lótus serve como berço para uma criança.

As visualizações normalmente mexem bastante com a fantasia do praticante e propõem até sensações, como frio, calor, vento no rosto ou a textura da areia fofa na palma do pé.

O fato é que depois que pratiquei esse tipo de meditação, chamada yoga nidra, minha consciência mudou. Às vezes, até quando estou cozinhando, minha mente entra em uma espécie de estado de transe.

Estou focada no que estou fazendo, óbvio, mas é como se não existisse mais nada com o que se preocupar. Sou apenas eu, respirando e fazendo algo de que gosto muito.

Isso aconteceu com bastante intensidade da última vez que fomos pra praia, enquanto eu cortava abobrinha para uma massa, e aqui em casa, durante o preparo dessa cheesecake de coco com calda de morango. Essa receita, aliás, vale muito a pena testar, assim como a prática da meditação.

Cheesecake de coco com calda de morango 

destaque

Antes de começar…. 

Deixe de molho em água quente 1 xícara de castanha-de-caju crua (sem sal). A castanha hidratada será usada para fazer o recheio.
Deixe de molho em água quente 1 xícara de castanha-de-caju crua (sem sal). A castanha hidratada será usada para fazer o recheio.

Ingredientes para a massa

Cerca de 10-15 biscoitos do tipo Maria (200 g)

2 ½ colheres sopa de óleo de coco líquido

Preparo da massa

Bata os biscoitos no liquidificador até virar uma farofa.
Bata os biscoitos no liquidificador até virar uma farofa.
Em seguida, adicione o óleo de coco e bata novamente
Em seguida, adicione o óleo de coco e bata novamente.
dsc_0089
Distribua a massa em forminhas de cupcake ou então em uma forma redonda de 18 cm. Nesse caso, adicionei a cada forminha uma colher e meia de sopa da farofa.
Aperte bem e leve para o forno a 180ºC por 5 a 10 minutos.
Aperte bem a massa com as mãos e leve a forma para o forno a 180ºC por 5 a 10 minutos.

Ingredientes para o recheio

1 xícara de castanha-de-caju hidratada e escorrida

Pitada de sal

½ colher de chá de extrato de baunilha

1/4 xícara de maple syrup ou 1 colher de sopa de açúcar demerara

1 ½ colheres de chá de maisena

1 colher de chá de ágar ágar (gelatina vegetal) em pó

200 ml de leite de coco

Suco de meio limão pequeno

Preparo do recheio

Coloque todos os ingredientes do recheio no liquidificador e bata...
Coloque todos os ingredientes do recheio no liquidificador e bata…
...até obter um creme bem homogêneo.
…até obter um creme bem homogêneo.
Leve esse creme para o fogo, em uma panelinha antiaderente, e vá mexendo sempre até engrossar. Isso acontece rápido, em menos de cinco minutos.
Leve esse creme para o fogo, em uma panelinha antiaderente, e vá mexendo sempre até engrossar. Isso acontece rápido, em menos de cinco minutos.
Distribua o recheio sobre a massa, que já deve estar assada e em temperatura ambiente. Não coloque recheio até a boca da forminha porque você ainda terá que colocar a cobertura.
Distribua o recheio sobre a massa, que já deve estar assada e em temperatura ambiente. Não coloque recheio até a boca da forminha porque você ainda terá que colocar a cobertura.

Ingredientes para a calda

2 xícaras de morangos congelados

1 ½ colher sopa de água

1 ½ colher sopa de maple syrup ou 1 colher de chá de açúcar demerara

½ colher sopa de suco de limão

½ colher chá de gelatina vegetal ágar ágar em pó

Preparo da calda

Leve os morangos congelados para uma panela antiaderente e, em fogo baixo.
Leve os morangos congelados para uma panela antiaderente e, em fogo baixo.
Vá mexendo os morangos até eles se desmancharem por completo. Em seguida, coe o suco e retorne-o para a panelinha com os outros ingredientes e mexa por 2 a 3 minutos.
Vá mexendo os morangos até eles se desmancharem por completo. Em seguida, coe o suco e retorne-o para a panelinha com os outros ingredientes e mexa por 2 a 3 minutos. Não despreze o que sobrar dos morangos coados – use-os para fazer vitamina com banana e leite de aveia ou outro leite de sua preferência.
Quando a calda esfriar, cubra as cheesecakes com ela e leve à geladeira por 8 horas. Para desenformar, espete uma faquinha bem afiada na lateral do doce e puxe-o para cima com cuidado.
Quando a calda esfriar, cubra as cheesecakes com ela e leve à geladeira por 8 horas. Para desenformar, espete uma faquinha bem afiada na lateral do doce e puxe-o para cima com cuidado.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s